MENU

Comments (0) Destaques, Magento, Solução de Problemas

Como Alterar Dados da Instalação

Quando você instala o Magento é natural que muitas informações de configuração do sistema fiquem armazenadas no banco de dados.

Porém, algumas delas precisam ser capturadas antes da criação das tabelas. Como por exemplo, as informações que irão gerenciar essas tabelas (usuário, hostname, senha).

E o Magento guarda essas configurações de instalação em um arquivo XML. Que pode ser facilmente modificado, caso você precise mover sua instalação de um servidor para outro (como de localhost para host online).

O que não alterar

Na sua instalação, dentro do diretório app/etc você encontra os arquivos:

config.xml – Este arquivo não deve ser alterado. Ele contém informações básicas do sistema, como idioma padrão, fuso horário, diretórios da aplicação, etc.

local.xml.additional – Este arquivo não deve ser alterado. Ele possui tags de configuração que podem ser adicionadas e configuradas no arquivo local.xml, basicamente são configurações adicionais de cache.

local.xml.template – Este arquivo não deve ser alterado. Na verdade trata-se de apenas um modelo padrão do arquivo local.xml. Caso você faça muitas alterações no arquivo local.xml e depois precise comparar (restaurar) com o modelo original.

Primeiros dados

Abra o arquivo (faça um backup antes de aplicar qualquer alteração):

As primeiras informações do arquivo são mais simples e auto-explicativas, mas vamos comentar rapidamente.

Na verdade essa linha é mais uma informação do que configuração. Ela informa a data e o horário em que o sistema foi instalado.

Essa tag já possui uma importância maior. Ela guarda a chave de criptografia do banco de dados. Você deve se lembrar, foi a última informação solicitada durante a instalação do Magento, e que você deveria guardar em local seguro.

O Magento trabalha com módulos de core, community, e local. Essa tag permite que você bloqueie módulos “local”, caso você queira trabalhar com módulos locais apenas em desenvolvimento localhost e desativar quando estiver em produção.

Conexão com banco de dados

Essa é a informação mais importante do arquivo local.xml. Quase sempre será preciso alterar esses dados quando você fizer uma migração de servidor ou domínio.

Pode parecer confuso à primeira vista, mas não tem mistério.

table_prefix – Você deve deixar em branco (como esta no exemplo acima). Ao menos que você queira mesmo usar um prefixo nas suas tabelas. Por exemplo, adicionar “Mage_” antes do nomes das tabelas.

host – É o endereço do seu servidor de banco de dados, que pode ser localhost, 127.0.0.1, ou então mysql.seu_dominio.com.

dbname – Se refere ao nome do seu database, onde as tabelas serão criadas. Esse nome você geralmente cria no seu phpMyAdmin.

username e password – São respectivamente nome de usuário e senha para acessar o database, da mesma forma que você acessa seu phpMyAdmin.

As demais tags você não precisa modificar.

Outras informações

No final do arquivo local.xml você ainda encontra:

Que verifica se a sessão do usuário deve ser manipulada por arquivos ou pelo banco de dados. Nesse caso “db” informa que é banco de dados, e “files” indica arquivos.

frontName – Pra finalizar, é o endereço que você digita para acessar seu backend. Por exemplo: www.seu_site.com/admin

O que mais alterar

Esse post traz apenas algumas informações que podem ser alteradas após sua instalação ser concluída. Não aborda por completo todas as alterações que você deve fazer em caso de migração de servidor.

Em caso de migração de dados, outros fatores devem ser avaliados, caso você mude o domínio por exemplo, vai precisar alterar informações no banco de dados, como o Base URL.

Trocando diretórios de servidor, pode ser preciso rever as permissões de pastas e arquivos para evitar erros com upload de imagens e download de módulos. Entre outras minúcias.

Sucesso!

Parceiros

Comments are closed.