MENU

Comments (0) Magento, Notícias

Entrevistando Mario SAM por aheadWorks

Para minha surpresa a empresa da aheadWorks (da bielorrusia), líder mundial em desenvolvimento de módulos para Magento entrou em contato comigo solicitando uma entrevista para o blog deles (em inglês).

A jornalista Irina Tsumarava fez uma série de perguntas inteligentes (e difíceis) sobre o Magento, sobre o blog, e o mercado brasileiro. A srta. Tsumarava também já entrevistou o especialista André Gugliotti, como você pode ver no blog oficial da aheadworks.

Entrevista com MarioSAM: http://blog.aheadworks.com/2013/08/mario-sam-we-respect-extension-providers-who-speak-to-brazilian-magento-community-in-portuguese/

Entrevista com André Gugliotti: http://blog.aheadworks.com/2013/01/any-ideas-on-brazilian-ecommerce-boleto-bancario-installments-bargento-brazil/

Abaixo você pode ler a entrevista completa em português, original, sem cortes!

1. Por favor, apresente-se. Há quanto tempo você trabalha com Magento, sua experiência e habilidades.

Opa sim! Eu sou Mario SAM, do blog mariosam.com.br. Eu sou brasileiro e não desisto nunca.

Comecei a trabalhar exclusivamente com comércio eletrônico em 2006, inclusive criei meu próprio sistema de comércio eletrônico usando java (J2EE). E quando o Magento foi lançado em 2008 eu comecei a estudar a possibilidade de abandonar o meu projeto e me dedicar aos negócios ao invés de continuar refém da programação eterna.

Antes de trabalhar exclusivamente com e-commerce eu trabalhava como projetista java, líder de equipes premiadas e grandes projetos. Antes disso ainda eu fui um programador apaixonado por códigos, ao mesmo tempo em que ministrava aulas de Taekwondo (sou faixa preta 2 DAN).

2. Por que você decidiu lançar um site com dicas Magento?

Eu tinha um site sobre tecnologia em geral, onde eu falava um pouco sobre tudo que fazia, javascript, css, xml, php, java, sql, padrões de projetos, uml, segurança, marketing, delphi, etc, etc, etc… O blog era uma bagunça de informações.

Os post’s que falavam sobre Magento começaram a ganhar destaque, pois era muito difícil encontrar informações sobre Magento em português, o número de interessados em Magento no brasil começava a crescer, então pensei em criar uma área exclusiva no blog para falar apenas sobre Magento.

O blog foi um sucesso, e venceu o prêmio TOPBLOG 2010 Tecnologia.

3. Como você escolhe as dicas que devem ser publicadas? Como você define o seu público (e seu nível) e como você interage com eles?

No início eu procurava as perguntas recorrentes nos fóruns, e usava essas dúvidas para criar os post’s, aproveitando assim para responder as dúvidas mais comuns dos fóruns.

Depois de algum tempo, com vários post’s no blog, eu comecei a observar quais post’s atraiam mais visitas. E assim pude identificar qual tipo de conteúdo gera maior interesse e dúvidas pelo público. Para minha surpresa os post’s mais simples e básicos são os que mais ajudam o público.

A audiência do blog é muito diversificada, existem diversos desenvolvedores com certeza, mas também existem muitos empreendedores. E isso me surpreendeu muito, tem muita gente que entra em contato comigo que sequer conhece html, são pessoas que querem trabalhar com vendas pela internet e buscam o Magento como ferramenta.

O google analytics mostra acessos de toda parte do planeta, mas que entram em contato são apenas brasileiros (alguns poucos portugueses, japoneses, mexicanos, argentinos, e agora bielorrussos).

As pessoas podem entrar em contato comigo pelo blog, mas também deixo disponível meus contatos do linkedin, facebook, e youtube. Também tenho um fórum sobre Magento em forum.escolamagento.com, onde eu respondo diversas dúvidas sobre Magento. o fórum já possui mais de 5 mil post’s em português.

4. Quem você considera os indivíduos mais conceituados no universo Magento? Quais são os modelos para você?

Essa pergunta é muito difícil.

Meus modelos são meus heróis, onde eu busco inspiração. E basicamente são: Ayrton Senna e Bruce Lee.

Admiro muito as pessoas que conseguem mudar o mundo através da tecnologia, como Bill Gates e Steve Jobs.

No brasil eu respeito muito os profissionais Magento que conseguem se destacar, pois não existem incentivos para o crescimento do Magento no brasil, precisamos fazer por nós mesmos. Eu sei que alguns brasileiros foram trabalhar fora do país com Magento, que é algo admirável, quem dera um dia eu tenha oportunidade como esta.

Aqui no brasil eu posso citar o André Gugliotti, que tem se esforçado muito para divulgar o Magento no Brasil, com cursos, palestras, livros, eventos, blog, e parcerias. E o Tiago Sampaio que obteve todas as certificações Magento, contribui com seu blog e módulos para a comunidade. São pessoas que merecem muito sucesso.

5. Como você avalia o Magento no Brasil? É popular e existe uma concorrência entre as empresas de desenvolvimento Magento e profissionais liberais em sua região? Quantos desenvolvedores certificados existem no Brasil?

Neste momento o diretório oficial da Magento Inc informa que existem 14 pessoas certificadas em Magento no brasil. Que parece ser muito pouco se comparado ao número de desenvolvedores brasileiros.

Mas se olharmos os números de certificados nos EUA, vamos encontrar 245 profissionais certificados, que também é muito pouco para um território que fala inglês como primeiro idioma, onde o produto foi criado, e onde existem centros de treinamento para certificação. Bem diferente do brasil que faltam até mesmo livros em português sobre o assunto, e se compararmos o valor da prova Magento com outras certificações do mercado, podemos ver que o preço é muito salgado e não se justifica. Somando estes e outros fatores, fica difícil estimular os profissionais a obterem a certificação.

Muitas empresas e profissionais liberais aqui no brasil acabam desistindo do Magento pela longa curva de aprendizado que a ferramenta exige, e também pela falta de estrutura e incentivos. O que abre muito espaço para empresas estrangeiras, é comum no brasil as empresas comprarem módulos e templates de outros países porque faltam especialistas por aqui, ou então porque fica muito mais barato e seguro adquirir um produto internacionalmente testado.

Mas eu presenciei o crescimento do Magento no país, e já melhorou muito, então acredito que vá melhorar ainda mais. O número de profissionais certificados vem aumentando, a quantidade de conteúdo em português também aumenta. E o melhor…aumenta também a qualidade do conteúdo publicado, as empresas estão se preparando melhor para atender um público mais exigente com relação ao mercado e as opções. Então eu acredito que o Magento assim como o comércio eletrônico no país tem um futuro muito promissor.

6. Você poderia citar sites e marcas respeitáveis ​​que usam Magento no Brasil?

Infelizmente essa é uma pergunta muito difícil de responder.

É triste, mas as grandes marcas e empresas tem vergonha ou medo de assumir que utilizam Magento em seus projetos.

Temos grandes cases de sucesso no país, mas as empresas afirmam que não utilizam Magento (apesar de terem contratado grandes desenvolvedores Magento).

Aqui no brasil temos a UolHost que oferece serviço de hospedagem e aluguel de lojas utilizando a tecnologia Magento com muito sucesso: www.uolhost.com.br/loja-virtual.html

A empresa e-smart (que possui grandes profissionais certificados) também possui ótimos cases utilizando a tecnologia Magento com seus clientes. Como por exemplo a loja online da Hergin: www.heringwebstore.com.br

Outra empresa que atende grandes clientes com ótimos cases de sucesso em Magento é a Bull Marketing. Um grande case deles: www.arcondicionado.com.br

E existem empresas que optam pelo desenvolvimento interno e conseguem grandes resultados também, como o caso da Oppa: www.oppa.com.br

7. Você já ouviu falar do site em português da aheadWorks? O que você acha da aheadWorks entrar e contribuir com o mercado brasileiro?

Isso é ótimo. Eu fiquei sabendo do site em português pelo André Gugliotti.

Isso demonstra a importância do brasil no cenário do comércio eletrônico internacional, e o respeito da aheadWorks em atender o público brasileiro no idioma nativo.

Espero que o exemplo da aheadWorks seja seguido por outras empresas que prestam serviços para e-commerce em geral (templates, meios de pagamento, monitoramento do sites, newsletters, etc.)

8. Quais seus planos para o futuro. O que você gostaria de realizar na metade de um ano, 1 ano e 5 anos?

Eu quero muito manter o blog no ar, que não é tarefa fácil devido aos custos e falta de incentivo. Enquanto o blog/forum não saem do ar, vou lutar para ter um site cada vez melhor, sempre buscando o melhor em qualidade e conteúdo.

Estou trabalhando em um projeto para ajudar os profissionais que desejam se certificar em Magento. Uma área especial no blog exclusiva para a certificação, deve ficar pronto em alguns meses.

Um projeto um pouco mais longo, seria escrever alguns livros sobre Magento, tem muita informação que pode ser escrita em português para iniciantes, desenvolvedores, e gestores. Eu até já iniciei este projeto, mas faltam incentivos para dar continuidade.

Infelizmente a pirataria é algo comum em nosso país, e muito conteúdo do meu blog é copiado sem que seja dado os devidos créditos. Por isso a gente pensa 500x antes de escrever um livro ou compartilhar algum conhecimento.

E um projeto longo, para 5 anos seria ver o meu blog, livros, e cursos em diversos idiomas. Ajudando assim um incontável número de profissionais a se qualificarem com Magento. Apesar de se algo muito difícil de concretizar, quero ao menos caminhar nesta direção.

E quem sabe se eu tirar as certificações Magento alguma grande empresa do primeiro mundo não me contrata também. 😀

Sucesso!

Parceiros

Comments are closed.